Grêmio não joga bem e é derrotado pelo Flamengo no Maracanã


Por - 18/07/2015 às

Tricolor não teve boa atuação e acabou sofrendo revés no Rio de Janeiro



O Grêmio visitou o Flamengo neste sábado pela 14ª rodada do Brasileirão e em Maracanã cheio, acabou sendo derrotado por 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Paolo Guerreiro, ainda no primeiro tempo. O Tricolor até criou chances, mas foi o Flamengo que teve as principais e Grohe foi um dos destaques da partida.

Escalação inicial: Grohe, Galhardo, Geromel, Rhodolfo e Marcelo Hermes, Wallace e Maicon, Douglas, Giuliano e Luan, Pedro Rocha.

PRIMEIRO TEMPO
O Flamengo foi quem iniciou impondo ritmo na partida e pressionando o Grêmio no campo de defesa. Apesar disso, o time da casa criou oportunidades, mas não tão claras e o goleiro Marcelo Grohe conseguiu dar conta do recado.
A primeira chance do Grêmio já foi com muito perigo. Aos 21, Galhardo tabelou com Luan e de dentro da área bateu acertando o travessão do goleiro do Flamengo.

A partida diminuiu de ritmo mas em bola parada o placar se movimentou. Aos 40 minutos, Ayrton cruzou bola na área e após desvio, Grohe fez milagre. Na sequência, Paolo Guerrero aproveitou a sobra dentro da pequena área e empurrou para as redes. A etapa inicial foi equilibrada com toque de bola das duas equipes, mas o Flamengo acabou aproveitando uma bola parada.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, logo aos 4, o Grêmio teve boa chance, mas Pedro Rocha não finalizou bem. Minutos mais tarde, aos 9, Everton tocou para Guerrero que devolveu para Everton dentro da área. O jogador bateu e Marcelo Grohe fez grande defesa.

A partida passou a ser truncada com muita disputa de bola no meio campo e pouca efetividade por parte das duas equipes. Mas em bola parada aos 21, o Grêmio quase empatou. Após cruzamento, ninguém desviou e o goleiro César salvou no susto.

Aos 26, após falha feia de Grohe, Emerson Sheik bateu para o gol vazio e Rhodolfo salvou o Grêmio em cima da linha. Aos 35, o Flamengo acertou uma bola no travessão e na sequência da jogada, Grohe salvou.
O Tricolor não teve forças para reagir.
Compartilhe no Google+

Comentários