Grêmio vence Juventude e está na final do Campeonato Gaúcho 2015


Por - 18/04/2015 às

O Grêmio recebeu na tarde deste sábado (18) o Juventude, em jogo de volta válido pelas semi-finais do Campeonato Gaúcho 2015. Com a vitoria de 1x0 no jogo de ida, Caxias do Sul, mais a vitória de 2x1 em Porto Alegre, o Grêmio avançou à final do Gauchão.
Foto: Lucas Uebel / Grêmio
Mesmo com a vantagem do jogo de ida, o Grêmio não entrou no jogo pensando em se defender. Dominava o inicio do jogo e não dava espaço o Juventude jogar. O Tricolor chegou a criar algumas chances com Luan que não acertou o pé em duas oportunidades que teve logo no início do jogo. Na primeira, mandou sobre o gol e em seguida, em chute no meio do gol o goleiro Airton, do Juventude ficou com a bola.

Luan teve uma das melhores oportunidades do Grêmio no primeiro tempo aos 19 minutos. Luan recebeu a bola dentro da área; quando preparava-se para chutar foi desarmado e a bola saiu pela linha de fundo.

Acerca dos vinte minutos de jogo, o Grêmio teve uma boa sequência de escanteios que foram mal aproveitados, salvo um, em que Rhodolfo pegou a sobra na ponta esquerda da área, passou pela marcação e chutou bem, mas o bom goleiro Airton do Juventude fez a defesa.

O gol do Grêmio saiu aos 28 minutos da primeira etapa. Em uma jogada sensacional, Giuliano chegou driblando a zaga do Juventude e passou na medida para Luan, que de dentro da área, mandou a bola para as redes abrindo o contador.

Giuliano quase fez o segundo após bela jogada na direita; recebeu na entrada da área e chutou colocado, com força. O goleiro Airton se esticou todo e espalmou. Goleiro, inclusive que salvava o time da serra de sofrer mais gols, pois o Grêmio era muito efetivo no ataque e tentava a todo momento aumentar o placar. O Tricolor dominou o primeiro tempo.

Ciente do prejuízo que tinha nas costas, o Juventude não conseguia reagir sobre a pressão Tricolor, mas nem por isso se entregou. No minuto final do primeiro tempo, o Juventude chegou pela direita com Rogerinho, que levantou na área para Douglas subir mais que a zaga do Grêmio e empatar o jogo para o time da Serra Gaúcha.

No segundo tempo, o Grêmio continuou superior, mas sem a efetividade. Passou a dominar a bola e trocar mais passes, sem arriscar muito. Alguns chutes ao gol eram dados, mas sem susto. O Juventude, sem nada a perder tentava se lançar ao ataque, priorizando as chances que tinha em contra-ataques.

Aos 25 o Grêmio teve duas boas chances, uma com Geromel, que chegou pela intermediária, ajeitou e bateu, a bola saiu por cima do gol, longe. Outro com Yuri Mamute que recebeu bom lançamento na entrada da área, invadiu mas foi desarmado.

Se a maré não estava boa para os atacantes do Grêmio, um zagueiro resolveu. Em cobrança de escanteio, Douglas cruzou  na área e Pedro Geromel subiu de cabeça e mandou no canto esquerdo do gol.

Yuri Mamute invadiu a área em um bom lance, mas acabou chutando o gramado da Arena na conclusão e o goleiro Airton ficou com a bola. No lance, Mamute teve de ser substituído por sentir fortes dores.

Com o jogo dominado e o placar agregado em 3x1 o Grêmio administrou o jogo até o final e avançou a final do Campeonato Gaúcho 2015. O Tricolor aguarda seu adversário para a final que será definido amanhã, entre Internacional x Brasil-PEL que jogam às 16:00 horas.
Compartilhe no Google+

Comentários