Vitória sonolenta e não convincente


Por - 12/03/2015 às

Foto: Reprodução/Google
Um bom primeiro tempo, uma mudança horrível, expulsão desnecessária, segundo tempo fraco e vitória não tão merecida. Foi isso que aconteceu na noite desta Quarta feira, na 10ª rodada do Campeonato Gaúcho.

Numa escalação surpreendente por Braian Rodriguez que em todos os treinos da semana foi titular começar no banco, o Grêmio se desenhou taticamente no 4-2-3-1, mas não mais com Mamute isolado e centralizado, muito mais livre e solto, e talvez por isso não jogou bem. Mas aos 27 minutos numa boa bola enfiada por Luan, Giuliano marcou e mostra que evolui a cada jogo.

A partir do gol tudo desabou por conta de uma atitude errada de Felipão, recuar o time. O Grêmio terminou o primeiro tempo com a mesma escalação, mas todo recuado. Veio o segundo tempo, depois de 13 minutos muito sonolentos, em duas mexidas Felipão isolou Braian mas continuou a recuar o time, agora com mais um volante e tirando o principal jogador até o momento, Luan.

Virou um desastre, o time viveu da raça e da zaga, subiu uma ou duas vezes em contra-ataque, teve Felipe Bastos expulso por atitude infantil e Felipão por reclamação e a única coisa que se pode ver de Braian foi sua ótima movimentação e cabeceio.

Com o termino do jogo, e o alivio por parte dos torcedores que virão o time ser de leve pressionado, o Grêmio garantiu uma vitória não tão convincente, mas necessária e buscada.


Notas dos jogadores:

Marcelo Grohe – 6
Matias – 6,5
Rodholfo – 5
Erazo – 5
Marcelo Hermes – 5
Marcelo Oliveira – 5,5
Felipe Bastos – 3
Douglas – 5
Giuliano – 7
Luan – 6
Mamute – 5
Ramiro – 5
Braian – 5
Araujo - 4
Compartilhe no Google+

Comentários