Vamos Grêmio, agora é Copa do Brasil


Por - 30/03/2015 às

Foto: Grêmio
CHEGA de Campeonato Gaúcho, CHEGA de liderança, CHEGA de Serra, CHEGA de melhor defesa, CHEGA de narração de Paulo Brito, vamos mudar o pensamento e tudo que envolve o Grêmio para a estreia na Copa do Brasil. Ou pelo menos, vamos pausar por enquanto esses aspectos.

Não é novidade que Grêmio e Inter lideram o Campeonato Gaúcho com folga, muito menos é novidade que os dois sejam considerados os melhores do Sul, mas foi sim novidade o começo péssimo de temporada do tricolor, e em partes do colorado.

O Grêmio teve pré-temporada mas não aproveitou em nada, em nada mesmo. Os principais jogadores que formaram a equipe em Janeiro, Barcos e Moreno, saíram deixando o tricolor fragilizado e o elenco sem um atacante, jogando toda a pré-temporada no lixo.

Mas 3 reforços vieram, e o Grêmio enfim engrenou, começou a jogar bem e postula como candidato a titulo do Gaúcho. Mas vamos esquecer disso, e vamos focar no jogo dessa Quarta, que promete ser com um nível de dificuldade maior que os do Gauchão.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Me surpreendeu a falta de humildade do técnico do Campinense, que publicamente relatou que vai “amassar” Felipão. Não lembraram a esse senhor que o Grêmio está na Serie A, é campeão mundial e da
Libertadores 2 vezes, e que Felipão principal envolvido nessa absurda provocação é Campeão do Mundo com o Brasil em 2002, e se não bastasse, tem mais Libertadores como técnico do que o Campinense e em essencial Francisco Diá tem no seu arsenal de taças.


O Campinense é um time rápido, muito agudo e como todo time “pequeno” que joga contra um enorme brasileiro, quer demonstrar ao publico e a imprensa o seu trabalho. Promete sim ser difícil, mas cravo que o tricolor volta para Porto Alegre com uma goleada e a vaga na mala.

Matias e Braian voltam e Marcelo Grohe faz seu pouso direto de Londres na cidade do jogo. A formação e a escalação devem ter as mudanças por conta da volta desses jogadores, e o jogo é típico para um teste de viagem longa, clima diferente e um jogo em âmbito nacional.

A luta pela Copa do Brasil é suada, contendo times de alto escalão e jogos decisivos mas temos condições sim, e grandes, do penta e esse caminho começa quarta. Todos torcendo!

Compartilhe no Google+

Comentários