Fora de casa, Grêmio bate Ypiranga e alcança segunda vitória seguida


Por - 11/03/2015 às

Tricolor venceu uma das sensações da competição até agora

Giuliano marcou o gol da vitória
O Grêmio visitou o Ypiranga no estádio Colosso da Lagoa nesta quarta-feira pela 10ª rodada do Gauchão e conseguiu uma importante vitória por 1 a 0, com gol de Giuliano no primeiro tempo. Com o resultado, o Tricolor chegou a segunda vitória seguida pela primeira vez na temporada e soma agora 17 pontos na 3ª posição. O Tricolor foi merecedor do resultado.

Escalação inicial: Grohe, Matías, Rodholfo, Erazo e Marcelo Hermes, Marcelo Oliveira e Felipe Bastos, Douglas, Giuliano e Luan, Yuri Mamute.

PRIMEIRO TEMPO
O time do Grêmio iniciou melhor a partida, pressionando o time do Ypiranga e mantendo mais a posse de bola. Tanto é que logo aos 3 minutos, a zaga do Ypiranga tirou uma bola em cima da linha após desvio de Giuliano. Aos 12, Fellipe Bastos arriscou de fora da área e o goleiro Carlão espalmou.

O Grêmio continuou seguro na defesa e presente no campo de ataque. Aos 20, Luan chutou colacado do bico da grande área e quase encobriu o goleiro. A insistência deu resultado aos 27 minutos, quando Giuliano recebeu passe de Luan e bateu cruzado, a bola passou pela zaga, pelo goleiro e entrou no canto.

O time do Grêmio não dava espaços para o Ypiranga, que não conseguia chegar com perigo ao gol de Marcelo Grohe.

SEGUNDO TEMPO
Na segunda etapa, o Tricolor continuou controlando a partida, principalmente por não sofrer riscos na defesa.
Aos 10 minutos, Giuliano teve boa chance após cruzamento rasteiro de Luan, e o goleiro Carlão fechou bem o canto para salvar o time da casa.

Aos 15 da etapa final, o uruguaio Braian Rodríguez entrou em campo no lugar de Yuri Mamute, fazendo sua estreia no time. No mesmo tempo, Ramiro entrou no lugar de Luan, voltando ao time após lesão.

A partida estava tranquila até os 24 minutos, quando Fellipe Bastos acertou um soco na nuca do adversário e acabou expulso direto pelo árbitro da partida, deixando o Tricolor com um a menos em campo. Cinco minutos mais tarde foi a vez do técnico Felipão ser expulso, só que desta vez da área técnica por reclamação.

O time do Grêmio claramente recuou para segurar o resultado, enquanto o time do Ypiranga sofreu alterações ficando mais ofensivo. Porém, a defesa do Grêmio se sobre saiu sobre o ataque do time da casa e conseguiu segurar o resultado, até assustando nos contra-ataques.
Compartilhe no Google+

Comentários