Tricolor fica no zero diante do Juventude e amplia jejum na Arena


Por - 23/02/2015 às

Tricolor empatou pela primeira vez em 2015 acumulando três jogos seguidos sem vencer em casa

Foto: Lucas Uebel
Buscando voltar a vencer na Arena após duas derrotas seguidas, o Grêmio recebeu o Juventude e acabou acumulando sua terceira partida consecutiva dentro de casa sem vitória. O empate de 0 a 0 diante do time de Caxias do Sul mostrou o Tricolor pressionando durante grande parte da partida, principalmente no segundo tempo, mas não conseguiu furar a retranca do adversário.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Galhardo, Rhodolfo, Erazo e Júnior; Fellipe Bastos, Araújo, Marcelo Hermes, e Douglas; Pedro Rocha e Everaldo

PRIMEIRO TEMPO
A primeira chance da partida foi do time de Caxias do Sul. Aos 9 minutos, Erazo perdeu a bola para Zulu, que livre da entrada da área, bateu para grande defesa de Marcelo Grohe. O Tricolor não conseguia criar oportunidades claras de gol.

O time do Juventude chegou com perigo novamente com Zulu aos 19 minutos. Em chute cruzado, o atacante obrigou Grohe a espalmar. Na cobrança de escanteio, após desvio de cabeça, Galhardo salvou o Grêmio em cima da linha.
Foto: Lucas Uebel
A primeira finalização do Tricolor foi com Felipe Bastos, aos 23 minutos de fora da área, sem direção. No minuto seguinte, Marcelo Hermes arriscou chute cruzado e o goleiro Airton espalmou. Aos poucos o Tricolor foi chegando mais ao campo de ataque, porém nenhuma clara oportunidade de gol era criada, pelo menos até os 38 minutos.

Após lançamento na área e falha da zaga do Juventude, Everaldo dividiu com o goleiro, a bola passou mas o zagueiro do time de Caxias conseguiu cortar em baixo da trave. O primeiro tempo se encaminhou ao final, com o Tricolor melhor após a metade do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, entrou Giuliano no lugar de Marcelo Hermes. Aos 3 minutos, Evereldo foi lançado por Fellipe Bastos e bateu de dentro da área para fora, com perigo. Aos 6, Douglas cobrou falta e obrigou o goleiro Airton a fazer milagre, salvando o time do Juventude.
Foto: Eduardo Moura
Aos 13, após cruzamento, Everaldo cabeceou para grande defesa do goleiro Airton.
O time de Caxias do Sul já não assustava mais e mal conseguia passar do meio de campo. O Tricolor dominava a partida e buscava atacar com cruzamentos e chutes de fora da área, mas sem sucesso.

Aos 40 minutos, o Juventude teve sua primeira chance na etapa final. Helder arriscou de fora da área e obrigou Grohe a espalmar. Aos 44, o Juventude teve uma chance incrível. Após rebote de Grohe, Wallacer apareceu livre dentro da pequena área e perdeu um gol impressionante.

No próximo domingo, o Grêmio visita o Internacional às 18h30.

Público presente: 14.672
Compartilhe no Google+

Comentários