Grêmio vence o União Frederiquense na estreia do Gauchão 2015


Por - 31/01/2015 às

Tricolor fez 3 a 0 sobre o time de Frederico Westphalen, na Arena


O Grêmio iniciou oficialmente a temporada 2015 na tarde deste sábado na estreia do Gauchão. Diante do União Frederiquense, o Tricolor não passou por dificuldades e venceu por 3 a 0, com dois gols de Barcos e um de Everton, estreando com vitória na competição.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Galhardo, Rhodolfo, Marcelo Oliveira e Marcelo Hermes; Araújo, Fellipe Bastos, Lincoln e Luan; Barcos e Moreno

PRIMEIRO TEMPO
Como era de se esperar, o Grêmio iniciou a partida pressionando o time do União Frederiquense, que fazia sua estreia na elite do Gauchão. Aos 16 minutos, o argentino Barcos abriu o placar cobrando penalidade. O Tricolor continuou no ataque e ampliou o placar aos 20 minutos novamente com o capitão Barcos, que aproveitou a sobra do goleiro.

O Grêmio jogava bem melhor que o time do União e tocava a bola com tranquilidade, sem sofrer riscos por parte do novato time de Frederico Westphalen. Tranquilo na partida, o Tricolor teve uma outra grande oportunidade aos 39 minutos, quando Luan recebeu passe, driblou o goleiro e livre, bateu na rede pelo lado de fora, uma chance incrível.

A primeira etapa se encaminhou ao final com o time da casa soberano na partida, sem sofrer riscos na defesa.

SEGUNDO TEMPO
Para o segundo tempo, sem alterações, o time do Grêmio continuou dominando a partida. Aos 7 minutos, Fellipe Bastos bateu falta, o goleiro espalmou e Rhodolfo, livre na pequena área, chutou para fora, perdendo ótima oportunidade.
No minuto seguinte, o time visitante teve grande chance em toque de cabeça de Josiel que Grohe defendeu em cima da linha.

Aos 22, o goleiro Nicolas salvou o time visitantes duas vezes em sequência em tentativas de Lincoln e Barcos. Seis minutos mais tarde, após cobrança de falta de Galhardo, Everton apareceu livre e cabeceou para fora.
Aos 32, após passe errado de Marcelo Oliveira, Araújo disputou a bola e cometeu falta, levando o segundo amarelo e sendo expulso pelo árbitro, deixando o Tricolor com um a menos.

Aos 40, Barcos cruzou de dentro da área para Everton, de dentro da área, ampliar de cabeça.
A partida se encaminhou ao final para quase 20 mil pessoas na Arena.

Compartilhe no Google+

Comentários