Torça pro Grêmio!


- 07/09/2014 às

Estádio Olímpico em dia de decisão

A semana não foi fácil. Nosso Imortal foi banido injustamente da Copa do Brasil com uma acusação de racismo. Por mais que tenhamos a certeza que a grande maioria da torcida gremista não tem preconceito racial, uma acusação como essa repercute negativamente para qualquer instituição. Mas o que mais preocupa não é a acusação, mas sim o fato da torcida ser, em algumas oportunidades, um empecilho para o Grêmio.

É fato que o Grêmio não conquista títulos há muito tempo. Mas isso não é desculpa para prejudicarmos o Grêmio. Nossa paixão não pode ser maior que nossa razão. O último título do tricolor da Copa do Brasil foi uma mostra da força da torcida tricolor. Naquele tempo, a torcida fazia a diferença e empurrava o time para do ataque. O Grêmio saiu perdendo de dois a zero na final contra o Corinthians. O Olímpico silenciou. Mas assim, do nada, em meio aquele caos total, o hino do Grêmio começou a ser entoado pelas torcidas organizadas. A gremistada incendiou. Os jogadores se motivaram. O Corinthians sentiu a pressão. Tudo isso resultou em um empate em 2 a 2 e a posterior vitória no Pacaembu por 3 a 1, na qual Tite demonstrou toda sua habilidade e se consolidava, naquele momento, como um técnico promissor. A torcida do Grêmio mostrava ao Brasil como fazer a diferença.

Na quarta-feira, temos mais um desafio pela frente. Não é nenhuma decisão, o Grêmio está buscando o G-4 e vem de uma vitória redentora frente ao Flamengo e um Maracanã lotado. Nesse jogo, a torcida tem que ser a favor do Grêmio! Nossa grande diferença, talvez uma das principais causas da paixão pelo tricolor ser tão forte, é o companheirismo da torcida, que não abandona seu clube, nem mesmo nos piores momentos de sua história. É preciso favorecer as vitórias do Grêmio, mesmo nos momentos em que ele esteja perdendo, pois xingamentos, preconceito e vaias só ajudam o adversário. Sem falar que a imprensa está de olho depois do “escândalo” que foi o jogo contra o Santos.

A principal forma de o Grêmio voltar a conquistar títulos é buscar suas origens. As disputas políticas dividiram o tricolor e os interesses tornaram-se mais importantes que o futebol. É preciso fazer um resgate do próprio Grêmio, com todos unidos em torno do objetivo de reconquistar o protagonismo que sempre teve. Para isso, a torcida precisa torcer como sempre torceu e a política deve ter como objetivo principal o futebol. O Grêmio sempre foi mais que um clube. E o resgate dessa “alma” do tricolor também pode colaborar para conquistarmos títulos.

Uma boa semana, gremistada!
Compartilhe no Google+

Comentários