Em jogo fraco, Grêmio não sai do zero diante do Palmeiras


Por - 01/06/2014 às


O Grêmio recebeu o Palmeiras no estádio Alfredo Jaconi em Caxias do Sul pela última rodada do Brasileirão antes da parada da Copa e acabou ficando mesmo apenas no empate de 0 a 0, em uma partida de pouca criatividade das duas equipes em um ambiente gelado da Serra Gaúcha.
Com o resultado, o Grêmio chegou aos 15 pontos, ficando na 6ª posição.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Marquinhos; Edinho, Ramiro, Alán Ruiz e Rodriguinho; Dudu e Barcos.

A partida iniciou bastante corrida com o Grêmio tendo a iniciativa, e partindo pra cima do Palmeiras. A primeira boa chance veio aos 5 minutos, quando Dudu arrancou na linha de fundo e cruzou para Barcos, que desviou por cima do gol. Aos 17, o Grêmio novamente chegou com perigo. Dudu cruzou rasteiro, Barcos furou e Rodriguinho, livre, bateu para fora, perdendo grande oportunidade.

O time paulista teve sua primeira chance aos 21 com Diogo, que bateu de fora da área, a bola chegou a beliscar a trave e saiu. Aos poucos o time do Palmeiras começou a crescer na partida e teve outra ótima oportunidade aos 30 minutos, quando Felipe Menezes desviou cruzamento dentro da área e acertou a trave de Grohe.

Aos 35, Alán Ruiz arriscou de fora da área e a bola passou muito perto do gol de Fábio. A partida se encaminhou ao final do primeiro tempo com algumas confusões e lances mais duros.

Para o segundo tempo, nenhuma alteração. A partida diminuiu de ritmo e com maior número de passes errados entre as duas equipes. O time do Palmeiras marcou gol aos sete minutos com Diogo de cabeça após cobrança de falta, porém o assistente marcou impedimento incorretamente, anulando o gol do time paulista.

Aos 16 minutos, após cobrança de escanteio, Henrique desviou por cobertura e Rhodolfo salvou o Grêmio em cima da linha. No minuto seguinte, o técnico Enderson promoveu duas alterações: Entraram Kléber e Maxi para as saídas de Rodriguinho e Barcos, este, muito vaiado na sua saída pela torcida.

Mesmo assim, o panorama da partida não mudou muito. As chances por parte das duas equipes eram escassas, devido aos erros de passe e falta de criatividade. O jogo se encaminhou e ao final da partida, vaias da torcida do Grêmio.

Compartilhe no Google+

Comentários