Grêmio perde para o São Paulo e tem sequência de vitórias interrompida


Por - 24/05/2014 às

Rodrigo Capote/UOL
O Grêmio visitou o São Paulo na fria noite deste sábado no Morumbi em partida válida pela sétima rodada do Brasileirão 2014 e acabou sendo derrotado pelo placar mínimo. O gol da partida foi marcado por Lucão em bola parada na etapa final. O Grêmio não teve muitas oportunidades e errou muitos passes.

Marcelo Grohe; Pará, Werley, Bressan e Breno; Ramiro, Riveros, Edinho, Rodriguinho e Dudu; Barcos.

A partida no primeiro tempo foi bastante movimentada com chances de gol para as duas equipes. Ao iniciar o jogo, o clima frio já ficou quente no Morumbi.

A primeira boa oportunidade foi do São Paulo aos 16 minutos, quando Maicon chutou de dentro da área e Grohe, fechando bem o ângulo, defendeu. O Grêmio respondeu quatro minutos depois. Rodriguinho deu passe para Barcos, que se livrou do zagueiro, ficando livre na entrada da área com Rogério Ceni adiantado, porém o pirata bateu para fora.

A partida continuou movimentada com alguns lances mais duros por parte das duas equipes.
Aos 33, após cobrança de escanteio, Antonio Carlos desviou e obrigou Marcelo Grohe a fazer grande defesa. O São Paulo chegou novamente com muito perigo aos 45 minutos, porém a zaga Gremista salvou o que seria o gol do time da casa.

Para a etapa final, nenhuma das equipes teve alterações.
A partida continuou movimentada, porém pela quantidade de passes errados das equipes, acabava prejudicando a criação de jogadas e chances de gol.

E devido a essa dificuldade dos passes, o gol não poderia sair de outra fora: de bola parada. Aos 15 minutos, Ganso levantou bola na área em cobrança de falta, Lucão desviou e a bola entrou mansamente para o gol após desvio de Grohe.

Após sofrer o gol, o Grêmio adiantou mais o time buscando ficar mais ofensivo. Aos 28, Zé Roberto, que entrou no decorrer da etapa final, aproveitou cruzamento rasteiro e finalizou da meia lua da grande área, porém Rogério Ceni defendeu em dois lances.

O Grêmio não conseguia criar oportunidades de gol, e o São Paulo, nos contra-ataques, chegava com perigo. No final do jogo, o Tricolor ainda ensaiou uma pressão e teve outra grande oportunidade aos 48 minutos com Barcos, que apareceu cara a cara com Ceni e chutou para fora.


Compartilhe no Google+

Comentários