Grêmio joga mal, mas vence e se classifica na Sul-Americana


Por - 24/10/2012 às

Foto: Lucas Uebel - Editada Sangue Azul
O Grêmio recebeu o Barcelona-EQU no Olímpico pelas Oitavas da Sul-Americana e venceu por 2 a 1 em uma partida muito fraca tecnicamente, e conquistando a classificação após ter vencido fora de casa por 1 a 0. O time Equatoriano saiu na frente, mas o Tricolor teve um gol contra a seu favor e virou nos acréscimos em gol de falta.
--
A partida começou muito fraca. As duas equipes não tinham pressa e tocavam a bola. Quando chegavam no campo adversário, tocavam errado e perdiam a bola. A defesa estava levando a melhor sobre os atacantes e nenhuma grande chance era criada.
--
O Grêmio chegou pela primeira vez na área do Barcelona somente aos 18 minutos, sem perigo. Aos 23, Pará cruzou e o goleiro tirou. Anderson Pico era o mais presente no ataque, porém errava muitos passes e os chutes de fora da área eram muito longe.
--
O primeiro tempo se encerrou sem acréscimos e também sem futebol. Nenhuma clara chance de gol em uma partida sonolenta.
--
Na etapa final, sem alterações, o Grêmio voltou um pouco mais ofensivo, mas ainda encontrava muitas dificuldades para armar jogadas. Aos 6 minutos, Kléber fez jogada individual e chutou fraco, o goleiro do Barcelona quase aceitou.
--
Como quem não faz toma, aos 8 minutos, Damián cruzou para Mina, que livre dentro da área chutou rasteiro, abrindo o placar. Luxemburgo colocou Elano aos 12 minutos. A partida continuou ruim, e o Grêmio, em um jogada despretensiosa acabou alcançando o empate.

Aos 21, Anderson Pico recebeu na linha de fundo e cruzou rasteiro, o zagueir Perlaza tentou cortar e jogou contra o próprio gol. O time do Equador tentou chegar mais ao ataque, porém o Grêmio conseguiu marcar e não deixar o time visitante criar chances.
--
A torcida empurrou o Grêmio mesmo com péssimo futebol. Aos 40, Elano cobrou escanteio e acertou a trave. O Tricolor segurou o resultado, e em cobrança de falta de Zé Roberto nos acréscimos, conquistou a classificação.
Compartilhe no Google+

Comentários