Grêmio decepciona e empata com o Coritiba no Olímpico


Por - 20/10/2012 às

Foto: UOL - Editada Sangue Azul
O Grêmio recebeu o Coritiba no Olímpico pela 32ª rodada do Brasileirão e apenas empatou em 0 a 0, decepcionando os 30 mil torcedores no Olímpico. A partida foi muito fraca tecnicamente e com poucas chances de gol.
--
O Tricolor começou a partida pressionando, e antes dos dez minutos já tinha cinco escanteios e quase 85% de posse de bola. O time do Coritiba era encurralado e se manteve na defesa. Porém, devido ao grande número de passes errados, o Grêmio não conseguia chegar com perigo.
--
A pressão Tricolor diminuiu e o time do Coritiba pouco atacava, apenas brigava pelos contra-ataques. Aos 25, Zé Roberto chutou de fora da área com perigo, e quase marcou. As chances eram escassas, e quando as tinha, não aproveitava. Aos 33, Leandro dominou a bola na entrada da área e caiu sentado.
--
A grande chance do primeiro tempo veio aos 40 minutos, quando Zé Roberto lançou Leandro, que na cara do gol, bateu em cima do goleiro Vanderlei. A partida estava tão ruim que o árbitro encerrou o primeiro tempo antes dos 45.
--
Na etapa final, o Grêmio continuou com mais posse de bola e o Coritiba apostando nos contra-ataques. A bola ia de um lado a outro no campo de ataque do Grêmio, mas sem criatividade e objetividade, as chances não eram criadas. Zé Roberto estava muito bem no jogo, mas Leandro estava muito mal.

Aos 21 minutos, Bertoglio entrou no lugar de Fernando, após muito tempo sem jogar. Aos 23, Elano bateu de fora da área e bateu por cima. Aos 31, após falha de Tony, Everton Ribeiro bateu e Marcelo Grohe fez ótima defesa. Aos 34, após cruzamento na área, o goleiro tirou e Pará pegou a sobra, batendo em cima da zaga.

Aos 37 minutos, Tony chegou à linha de fundo e cruzou na cabeça de André Lima, que completamente livre, perdeu um gol inacreditável. O Grêmio tentou pressionar, mas sem sucesso. No fim, a torcida vaiou muito o time.
Compartilhe no Google+

Comentários